! Cotchabamba !

. Melhor que Manhatchian .

Vai buscar dalila ligeiro… março 29, 2009

Filed under: erro — ritoca @ 4:39 am

Nada pra escrever, mas nenhum sono pra dormir também. Então vamos às frivolidades costumeiras. No princípio dessa semana passei no shopping CIDADE pra comprar SABONETE no carrefour, a pedido do meu paizinho, e, a caminho do dito supermercado, me deparei com uma CASA DE VIDRO, estilo Big Brother 9 no shopping, com a devida multidão ao redor (salvas as proporções) e barulho, muito barulho. Dentro da casa de vidro, PESSOAS SE PEGANDO, ok? Pois é. O que deu pra entender, pega assim de chofre, é que tava rolando uma promoção, que se tratava de: o casal que se beijasse por mais tempo ganharia ingressos pro AXÉ BRASIL 2009. Tinha FILA de casais esperando pra entrar na casa de vidro. E, de quebra, ainda tinha o LOCUTOR da EXTRA FM lá disponível pra galera tirar fotos (se pelo menos fosse o Bel…). As meninas de KOLENE se acabaaaaaaaaaando lá dentro com os meninos de cabelo descolorido lá do Clube do Cowboy. Horror, gente, horror. Minha vontade era de ter alguma de vocês ao meu lado, porque aí sim eu ia RIR por fora também, porque por dentro, nossa, tava RACHANDO já. Ia fazer um post sobre isso no dia mesmo, mas quando cheguei em casa tava passando Gossip Girl, então nem deu. Mas então, hoje, a boa ação do dia era levar meu irmãozinho pra comprar um tênis no shopping CIDADE e vocês já até adivinham o que acontece, né?! A PROMOÇÃO ainda tava rolando. E tinha ainda mais PARTICIPANTES. Descobri que alguns MENINOS também usam Kolene. HORROR. Pois é. E aí, agora, olha só: ontem Tatazinha e eu fomos ao cinema à tarde (Informando, I S2 YOU!) no shopping CIDADE. No ponto do ônibus que a gente pegou pra ir pra lá tinha uma menina meio que vendendo bala, conversando com umas amigas, mas que também pegou o ônibus pro centro. Quando a gente chegou ao shopping, olha, que surpresa, a mocinha tava lá. E tinha se encontrado com o seu PAR, um BANDIDINHO atleticano muito do feio. E, agora, o que eu queria falar: na opinião de vocês, pra onde é que o casalzinho apaixonado estava indo? CASA DE VIDRO? Pois é.

Agora, de tudo, como assim as pessoas fazem isso, pessoal? Recorde de tempo de beijo numa casa de vidro no shopping cidade pra ganhar ingresso pro axé brasil? OI? Tinham que fazer uma A HORA DA TERRA pra isso! … E por falar nisso, vocês apagaram as luzes? Muita idiotice mandar a gente apagar a luz, mas não falar nada sobre a tv ligada, né? Eu achei.

Já falei demais. E coisa chata, o que é pior. Pra compensar, vou deixar vocês com o vídeo que eu descobri do filhinho da Sandra e do Gê. O gene da dança não nega.

Procurem depois a versão traduzida pro inglês no youtube.

Ah, e só nos vemos em julho se julho for semana que vem.

Anúncios
 

março 27, 2009

Filed under: ficadica — Sofia @ 10:36 pm

E é ao som de Like a Prayer (gente, q sensação essa música!), que eu retorno a esse lugarejo que parece ter sido abandonado por suas simpáticas moradoras.
Como vcs bem sabem, agora eu sou uma pessoa que enxerga qqr um na multidão.Agora, imaginem só a cena que protagonizei anteontem pela manhã. VISUALIZEM.
05:30h, eu acordei. Com aquele mau humor que me é peculiar. Fui tomar banho. Blz. Tomei banho. Saí do banho e como minhas mãos estavam limpinhas e o meu rostinho tb, fui colocar minhas lentes. E-B-A! 10 minutos pra colocar num olho. Ufa! Agora o esquerdo…gente, a lente nao entra!que budega! eis que..q q acontece???????ela CAI. ONDE? NAO VI! pensei: BE-LE-ZA! Agora, pensem bem na seguinte cena REAL: eu, de toalha enrolada no corpo, ainda um zumbi, de QUATRO, no chão do banheiro, tateando o azulejo. Nisso, vários pensamentos na minha cabeça: “eu sou uma burra. nao consigo fazer nada nessa vida, nem colocar uma lente no olho.vou depender dos outros o resto da minha vida”. sim, minha gente. foi exatamente isso. Nisso, eu levanto, e bato minha cabeça na pia. BLZ! nao vou reproduzir aqui minhas falas no momento desse incidente. entao, eu tive a brilhante idéia de ir ao quarto buscar meus óculos pra enxergar o q eu tava procurando. Ponho os óculos e tenho a maravilhosa constataçao q eu já estava com a outra lente, então, usar óculos tava dando na mesma, pq eu continuaria sem enxergar de um olho. ÓTIMO! nisso, eu já estava mega atrasada, pensando em interditar o banheiro.Enquanto minhas lentes não saíssem dali, ninguém entraria.A cada segundo que se passava, mais eu tinha a certeza de q ela tinha tomando o rumo do ralo. Apesar de que a minha localização na fatídica hora para o ralo envolve uma distãncia considerável…só se a lente tivesse pernas. pois bem, já desconsolada, c0mecei a pensar em q horas eu ligaria pro médico, pra mandar fazer outra lente…pensei no torra q eu ia levar da minha mãe…no $$ q eu não tenho e que teria q desembolsar.aqueles pensamentos positivos,né. Eis q olho pro espelho, miro na minha imagem decadente e o q eu vejo grudadinha no espelho?o que?oque? ELA. a fujona! nossa. eu ri. sou mto idiota ow. Fico por entender de onde veio tanta lerdeza.

Ai,girls. Algo me ocorre. Essa falta de Travessa, de lugares exóticos, de samba, tá me fazendo ficar carente. Geeeente.preciso conhecer pessoas!Tô carente,veeeeeeeei.não sei se é carência física ou emocional (qnto à primeira, vcs não têm nada a ver com isso, que fique bem claro!).O que importa, friends, é que tonaruanaluanomarnaladeira. Depois daquele meu último erro – tomara que arda no mármore do inferno GAY – , tô sentindo que tô na contramão do sucesso. Vamo pras alcovas de bh e ver qualequié,galera, o que será, que será q tá acontecendo,uai. Já tô ficando pra tia. Assim, pensando bem, eu não posso reclamar tanto não.Vai que surge um namorado (batendo na madeira TRES vezes)?Não tem convite do baile pra ele não ow. Ele e a família vão só ao culto e olhe lá! Mas ow. Rolava uma historinha nova,né. Dessas pra eu cansar com duas semanas ahahhaah Posso fazer o quê se as pessoas me cansam?

Oh, post mais inútil da história,ok?Mas que sirva de alerta. Assunto não falta. Comecem a contar os dias de vcs aí, já que só nos veremos novamente em julho.

E,gente, vamo torcer pra Priscila do BBB,gente. vamo!Cóm fé, aquele par de coxas transgênicas leva o prêmio.

No mais, bjonaomiabandonem!

 

tchubaruba totaaaal março 19, 2009

Filed under: dá um post — ritoca @ 2:47 am

Descobri que a Mallu Magalhães tem um par de tênis igual ao meu (sandra, leia ‘nosso’). E ela o combina com uma CARTOLA azul marinho. Não o par, mas apenas um pé, pois o outro é um all star azul marinho, pra combinar com a cartola, de acordo com o senso estético e/ou crítico da pessoa. A Mallu ter um tênis igual ao meu, vocês concordam comigo, é uma coisa normal, afinal, todos e todas têm all star. Mas a Mallu ter um tênis igual ao meu, e agora vocês VÃO TER que concordar comigo, é uma puta duma coincidência maldita. E isso eu não falo por mal, porque, apesar de tudo, eu ainda tenho uma simpatiazinha meio complexa pela Mallu. Não aguento vê-la. Nem ao vivo, nem em vt, nem no backstage, nem em making of, nem se ela fosse no Big Brother. Mas eu não a odeio não. Acho, sim, que o que ela se tornou é chato. A Mallu do myspace de dois anos atrás era bacana, quase admirável. A Mallu do Faustão retrasado e do Altas Horas no youtube é desnecessária, irritante, constrangedora, enfim, inevitavelmente CHATA. Ela podia passar pra lá e pra cá na cantina da Letras e passaria totalmente incólume (diferentemente da Sandy, coitada, que deve ter sido suuuuper hostilizada pelos FÃS lá na PUC Campinas…). Isso se ela não estivesse, claro, usando a super-originalmente-feita por ela mesma-maquiagem no olho esquerdo, porque aí, né, pessoal, a gente ia notar nela. (Ela ia ser uma daquelas meninas que vendem camisas com escritos tipo FAKWLDADJILETRAZ em alfabeto fonológico. Fonético?). Pois é. E aí a gente vê essa pessoa com o tênis igual ao nosso. É o que eu disse, não é de se estranhar, mas que é uma sacanagem, é. Porque você não quer ter nada dividido com essa pessoa, você não quer ter nada em comum com essa pessoa. Você tolera ser contemporâneo dessa pessoa porque vai poder vê-la, DECADENTE, na TV daqui a alguns anos e  falar pras pessoas mais novas então como é que ela era ridícula desde os idos anos de 2000 e poucos. Vai ser legal ver os filhos dela e do Marcelo tocando harpa no Domingo Legal.

Pena que perdemos Clodovil… Imagina uma entrevista da Mallu com ele? Nuu!

 

No Bonde do Mundo março 15, 2009

Filed under: 1 — tuty @ 2:35 am

Aí, isolada das Cotchabambenses (HUGE mistake), em mesinha diferenciada, conheci um frequentador do Baile da Saudade. E o dito encontro melancólico toma lugar em Venda Nova. Quémais? Nope. Aí perdi o rebuliço. Faísca! No quadragésimo segundo copo de Brahma comprei, pela bagatela de cinco míseros reais, um dadinho sexual da comissão de formatura de Bárbara-recém-conhecida. Alguémqueraí? Aí que ficamos sem cachorro-quente. E eu precisava de um cachorro-quente. Perdi tudo do ládelá da mesa. Erro. Mas um dia inteiro com Miriane e nosso lindo blogue me atualizaram. Ótemo. Última coisa: banheiro-no-porão fudido de merda.

Aí, pra não dizer que não falei de flores, Latino é culto, pessoal. Ao me preparar pra super noite de sexta (anham), deliciando-me com o cd-auge-do-carnaval antes de deixar o recinto trabalhístico, percebi uma referência totalmente literária em Amor de Pizza. Sexy diz: ‘sou pegador de um bonde chamado prazeeeer’. UOU! Tennessee-Williams-Um-Bonde-Chamado-Desejo total! Fiquei begem! Auge!

Mas aí… O dia hoje foi super produtivo. Andâncias diversas. Um colar e um presente. Lindos! Comprometi financeiramente minha semana santa já. Pia, almoço com cooler de dona Sílvia no feriado, hein?!? Faísca, Torremoto com miniSkol?!? MiniSkol no cooler?!? Rita, sem brigas, ó-quêi? Slumdog Millionaire com Cheetos, Pringles genérica e Coca de 700 ml a três e cincOenta reais!!! Aí eu reduzo de oito pra cinco estatuetas (não por não merecimento, mas porque só os tops dos tops pisam em Cotchabamba) e dou-as a: melhor mergulho na bosta, melhor guia turístico do Taj Mahal, melhor indian-dancing ever, melhor sósia de Hector Bonilha E melhor regata-sexy(NOT)-cavadona. Óóóóótemo!

Então. Beijos. E dignidadejá (oi, LeãoLobo?)!

Ah, e ops, fui ver aqui a letra de Amor-de-Pizza-Aonde-Bate-Fixa, só pra confirmar, e parece que não, não é ‘um bonde chamado prazer’, e, sim, ‘um MUNDO chamado prazer’. Mas ele canta bonde. Ou meus ouvidos ainda não se recuperaram totalmente. Enfim, foi bom enquanto durou…

 

Vai de Tudão..Tudão..Tudão..Tudão…Tudão…

Filed under: dá um post — Sofia @ 12:31 am

Aiai. Que sexta-feira,hein, girls? Como não comentá-la?
Sandra, meu bem, realmente…Era um dia pra não sair de casa. Deveria ter ficado por aqui fazendo a prestação de contas que eu não consegui começar até agora. Mas a gente saiu. Foi pro Travessa. A falta do Rômulo já era um presságio. O meu decote me incomodando era sinal de muita chuva. E a fila quilométrica do Sete Cumes foi a constatação de que aquela não seria a melhor noite das nossas vidas. E depois de uma hora e meia de fila, rindo, interagindo com a galera bacaninha, achando aquilo tudo uma pegadeeeenha, eis q vem o veredicto: CASA CHEIA. O B A. E , então, a democracia gera, COMO SEMPRE, um desses erros mais erros da vida: vamoprotudaogalera?é. vamos. lugar limpinho,né? aham. eu deveria estar num samba, okey?aham. então traz a cerveja, moça. educaaaaada. estou por entender, até agora, o porquê da pessoa mandar a gente falar baixo. OI?era um BAR!oi? francamente…brincadeira,viu… E a noite ainda estava apenas começando. Percebi que há algo de místico no chopp do Travessa. Meu sono não era normal. e siiiiim. eu dormi na mesa de um bar. palmas pra mim!uhuuuu. mas antes de dormir, a gente perde a dignidade, claro. Fala demais, o que deve e o que não deve. eu L-I-S-T-E-I sonhos de consumo,ok?sonhos de consumo HUMANOS. Falei de necessidades DI-VER-SAS. Portanto,sandra, acho q o seu erro, de todos, foi o menor. Apesar de ter me causado por segundo um revertério sentimental muito grande. Mas, amiga, estamos aí pra isso. pra ferrar uma com a outra. ahahah brincadeira. fica deprimida nao, faísca. o que seria de nós sem a sua peculiar alegria e inocência? Chega mais e vamo beber!

Ah! Tinha pensado num post sensacional sobre a notícia do furto do pênis de borracha da Hebe. Mas, obviamente, TDUD foi mto mais rápido no gatilho. Agora, eu fico por entender. Vários erros. Primeiro, HEBE. Segundo, roubar algo da HEBE. Terceiro, furtar um pênis. Quarto,  surrupiar o penis de BORRACHA da HEBE. o tal do consolo da viúva. Quinto: dar um pênis de borracha pra HEBE. assim. eu poderia citar vários erros. Agora, pense bem na cena esdrúxula de alguém, numa atitude sorrateira, pegando o objeto e tacando dentro da bolsa (ou em outro lugar.ficadica). Imagina a emoção dessa pessoa. E pode ter sido com vários objetivos. 1: Para fins “sexuais”(se fosse a Dercy – que Deus a tenha – eu entenderia.a borracha seria até rígida demais pra ela). 2: Tomar posse do que faz a Hebe ter aquela pele de pêssego. 3: Ter o prazer – não sexual, obviamente – de ter um souvenir da casa da Hebe. Enfim. erros diversos. Eu fico imaginando, ainda, a tristeza da Hebe. Ela parando a festa e falando: Graciiiiinhas, alguém devolve meu consolinho, por favor? Eu dou um selinho em quem achar!
Gente. q erro,né? Aí, eu tava vendo a Caras hoje.Capa: ANIVERSARIO DA HEBE. pensei “nooooooooh”.Ow, pq q a Hebe vai sentir falta de um brinquedinho quando ela tem como convidado, nada mais nada menos do que LATINO. OQUE? siiiim…aquele ser que TRANSPIRA sensualidade e que ahaaaza nos movimentos pélvicos. Nossa. Quem quer borracha quando pode escutar ao pé do ouvido “oh,baby me leva”?Mas nao. A Hebe vai e fica distribuindo selinho no Roberto Carlos (segundo a caras, o amor impossível ela) e no Julio Iglesias. Nota: Julio diz sobre a festa de 80 anos: Ëstou honrado por fazer parte deste momento HISTORICO.”ahhuauhau rachei! Melhor: na festa, as almofadas tinham FOTOS da Hebe e estavam sendo distribuídas MASCARAS da Hebe, ó-quei?E uma velharia como convidada, gente. Adoro Caras. E pra fechar com chave de ouro, a gloriosa, maravilhosa, sensacional, extraordinária e imortal aniversariante revela que ainda terá uma nova rodada de festas no mais LUDICO cenário: Walt Disney. e nos brinda com uma frase que, pra mim, merece abstenção de comentários: “Vou ter de viver mais 80 ANOS pra retribuir essa festa”.

Vamo lá, gracinha…dança comigo…vai de tudao, tudao…

bjomechamaprailhadecaras

 

Faísca=incêndio março 14, 2009

Filed under: 1 — sandrinhaa @ 10:13 pm

Pensei em vários post´s para jogar aqui. Coisas do tipo: premonição, do dia que senti que deveria ficar em casa, como é ridículo constranger amigos (ow, desculpa), o dia de folga de Rômulo, Luma de Oliveira, como que terminar a noite no tudão é erro, dormir no parque (sim, eu dormi e ronquei no parque hoje).. enfim, rol extensivo de coisas ba-ca-nas que ocorrem diuturnamente com pessoas “normais” como eu…

Mas não… meu post é curto. É um pedido de desculpas (blz, fiz m*rda), um minuto de silêncio pelo princípio de incêndio… que vergonha!

Confesso que não gosto de “paiaçadas” principalmente quando sou o palhaço (que ironia), dessa forma suspendo meu visto para cotcha. Acabou-se. Foi tudo por água abaixo. Lá se vai tudo. (canção da América – Milton Nascimento – barango!)

 

 

   Vou-me embora com minha trupe do circo:

 

piorar não piora. piora? março 12, 2009

Filed under: 1 — ritoca @ 3:03 am

Galera, erro TOTAL isso aqui. Que que é isso, pessoal?!?!?! Isso aqui é alegria!!! Cotchabamba é só emoção!!!! Olha aí o Rômulo chegando com nosso barrilzinho!!! uhuuuuuul Dá logo um peixe frito porque aqui eu sou praieeeeeira!!!! É! Né?! Não? Ok. Eu tentei. Se é para a insatisfação geral da nação, diga ao povo que eu fico PUTA também. Essa frustração a essa altura da vida é o que rola, né?! Pois é. Mas o que mais emputece é que a culpa é nossa, na verdade. A culpa é nossa, individual e intransferível. No meu caso, pelo menos, a insatisfação é decorrente exclusivamente das altaspracaraleo expectativas depositadas nas coisas. É, eu minto pra mim mesma e eu já descobri. E já que vocês estão aqui pra me fazer pensar, né, sobre as coisas oooooooooootemas da nossa vida, blz: sabe o que rola? A faculdade me ajudou tanto a mudar, me esclareceu tantas coisas, revolucionou tantos pensamentos, que, às vezes, por ser talvez tão grata por isso, eu me pego tentando me forçar a não me frustrar com as coisas. Sacaram (hehe tatazinha)??? E isso é uma baita duma injustiça comigo mesma, porque eu esperava mais, não da faculdade, mas de mim depois da faculdade. Então, como não ME correspondi a MIM MESMA com MINHAS PRÓPRIAS expectativas, eu me engano dizendo que tá tudo sob controle e vamoquevamo. E o que tento fazer é me acalmar, talvez porque o que está perdido, perdido está, ou talvez seja porque ainda não tá assiiiiim tão ruim mesmo. Como disse hoje minha professora de Política na FaE (adoooro licenciatura), “calma, que seu senso de dignidade pessoal te salva na última hora”. Pois é. Será? Enquanto não chega a última hora, e eu mudo de assunto mesmo, o negócio é subir na janela e seduzir os vizinhos, fazer charme na parede e ahaaaazar com o jeans TUDO da COLCCIahamyouwish. E atenção ao S inicial do negócio. (Desculpa, mas eu TINHA que mostrar isso pra vocês.)

Foi mal aí se todo mundo já viu, mas eu fiquei estupefata com a superstar nessa aparição. Eu quero SHOW dela nA OBRA urgente.

Procurem no youtube também:

Stefhany – RaSão do meu viver

Stefhany – Jurei JA MAIS amar

p.s. OI? Nathane? Prazer, Rita! Nos vemos no seu aniversário!

p.s.2. calouros do MST?? MEDO.

p.s.3. Ouvi falar mesmo do tal videozinho da Mayra. Me manda, sofs?!?! hihihi

p.s.absurdamente4. Não tem categoria pra esse post, ok? Então vai ficar na 1 da sandra. beijomeliga.